A criatividade é mais do que uma habilidade da Agávea, é também a nossa ciência. Mas para mantê-la ativa e inovadora, é importante adotar táticas e processos que auxiliam os criadores.

Todo mundo tem suas formas de manter a roda da criatividade girando a toda velocidade, mas a maioria partem de alguns princípios, analisando para quem o resultado final do processo criativo irá servir: os usuários finais, o mercado, os clientes. etc.

A criatividade precisa inspirar

Por mais criativa que a pessoa possa ser, e por consequência, levar esse atributo para os seus projetos e trabalhos, não há assertividade quando a mensagem é interrompida, não é propagada.

As características de uma pessoa inspiradora podem ser colocadas no trabalho, a partir do momento que a mesma deseja inseri-las e criar um impacto. Seja a prova social no conceito, o engajamento das pessoas com seu trabalho ou a repercussão posterior.

Vá para campo

Ficamos tão presos em nossos ambientes de trabalho, que esquecemos uma das principais fontes para a nossa criatividade: o próprio ser humano. Ao fazermos um design, seja ele gráfico, digital, serviço e produto ou qualquer outro escopo, precisamos pensar que esse projeto final será para as pessoas.

E porque, não antes, usar as mesmas pessoas como ponto de partida do projeto? É o começo, define a construção e desenvolvimento e afina o final. Então, mesmo que seja por pouco tempo, reserve um tempo para pesquisar o gerador da sua matéria-prima.

Comunidade

Internamente, o espaço deve respeitar os processos e a delegação de tarefas, entendendo a expertise de cada colaborador que está contribuindo para o projeto. Mas é crucial que haja uma sinergia entre todos.

E essa sinergia é como um globo de plasma, em que a partir do momento que uma pessoa coloca os dedos sobre ele, atrai raios de plasma. São as pessoas interagindo com a criatividade e vice-versa. Isto posto, a criação é gerada com a ação, mesmo que mínima, de todos.

Gerar, manter e evoluir todos os sentidos da criatividade coloca em sintonia todos os processos, todas as pessoas envolvidas nos trabalhos e jobs, para que cada característica dos criativos contribuam para a identidade da marca.